CHINA CONSIDERA 'INACEITÁVEL' AMEAÇA TARIFÁRIA DOS ESTADOS UNIDOS


O Ministério do Comércio da China disse por meio de seu porta-voz na quarta-feira (11) que a China será forçada a tomar as medidas necessárias para combater a nova ameaça tarifária dos EUA, que o país considera como "inaceitável"

11 DE JULHO DE 2018 ÀS 06:06 //


247, com CGTN - As novas tarifas dos EUA são "um típico bullying comercial", e a China vai lutar para salvaguardar seus direitos e interesses legítimos, disse Hua Chunying, porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da China, nesta quarta-feira (11).

"Esta é uma luta entre o unilateralismo e o multilateralismo, uma luta entre o protecionismo e o livre comércio, uma luta entre poder e regras", disse Hua. "A China estará ao lado da comunidade internacional para defender conjuntamente as regras de livre comércio".

Os EUA divulgaram nesta terça-feira uma lista de 200 bilhões de dólares em mercadorias chinesas que em breve poderão ser atingidas com tarifas, após a rodada anterior de 34 bilhões de dólares em tarifas cobradas sobre a China na semana passada.

Useful links