Propina da Globo chega aos tribunais americanos


Copa de 2018 foi a última, Galvinho...

Do Twitter do jornalista Jamil Chade:

Denúncia nos tribunais americanos contra a Televisa cita acordo da rede mexicana com Globo e Torneos pelo pagamento de US$ 15 milhões para ficar com direitos das Copas de 2026 e 2030.

6:50 PM - Aug 8, 2018

Como sabemos, no início de 2013, Burzaco se encontrou com Grondona em Zurich para garantir os direitos de transmissão das Copas do Mundo de 2026 e 2030 em nome das empresas Torneos e Televisa, para América Latina, e TeleGlobo, para o Brasil. Televisa, Torneos e TeleGlobo concordaram em pagar (e pagaram) US$ 15 milhões em propina para Grondona por meio de uma conta em um banco suíço no nome de Julius Berg. A Televisa usou sua subsidiária, Mountrigi, para pagar US$ 7.25 milhões para a Torneos em Abril de 2013 pelas Copas de 2026 e 2030, como consta nos livros de contabilidade de Eladio Rodriguez, ex-funcionário da Torneos

Em tempo: sobre o Galvinho, não deixe de consultar o trepidante ABC do C Af

Em tempo²: a Globo Overseas (empresa que tem sede na Holanda para lavar dinheiro e subornar agentes da FIFA com objetivo de ter a exclusividade para transmitir os jogos da seleção) diz que fez uma investigação “interna” e não encontrou indício de propina. Quá quá quá!

Em tempo³: por onde anda o diretor Marcelo Campos Pinto? - PHA

FONTE:

https://www.conversaafiada.com.br/mundo/propina-da-globo-chega-aos-tribunais-americanos-

Useful links