CONTRA BOLSONARO, PARLAMENTARES QUEREM MAIA DE VOLTA À PRESIDÊNCIA DA CÂMARA


Um grupo de parlamentares já deu início às articulações visando o retorno do deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) à Presidência da Câmara em 2019, para tentar barrar o avanço do extremismo representado pelo PSL do candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, caso este vença o segundo turno da eleição presidencial; inciativa tenta angariar apoio de partidos como o PDT, PCdoB, além de membros de chamado centrão e do PSDB, além do próprio PT

11 DE OUTUBRO DE 2018 ÀS 09:50 //


BRASIL 247 - Um grupo de parlamentares já deu início às articulações visando o retorno do deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) à Presidência da Câmara em 2019, para tentar barrar o avanço do extremismo representado pelo PSL do candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, caso este vença o segundo turno da eleição presidencial.

De acordo com a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, a inciativa tenta angariar apoio de partidos como o PDT, PCdoB, além de membros de chamado centrão e do PSDB, além do próprio PT, caso o candidato do campo democrático, Fernando Haddad, seja derrotado no pleito.

Apesar da iniciativa, o nome de Maia também agrada parte do comando da campanha de Bolsonaro, como o seu principal conselheiro de campanha, o economista Paulo Guedes, em função do seu poder de articulação e pela tendência de aprovar pautas liberais demonstrada por ele quando esteve à frente do comando da Câmara.

Já o grupo diretamente ligado a Bolsonaro reivindica o comando da Câmara para o PSL. O presidente licenciado da legenda, o deputado reeleito Fernando Bivar (PE), já disse que o partido deve comandar a Câmara e, além dele, um outro nome cotado é o do deputado mineiro Marcelo Alvaro Antonio, também do PSL.

O deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidenciável, também tem tido o seu nome aventado para comandar a Câmara, mas membros da própria legenda não acham uma boa ideia o filho do presidenciável vir a assumir à presidência da Casa Legislativa em um eventual governo do próprio pai.

Useful links