EM ENTREVISTA HISTÓRICA, ALMIRANTE OTHON DENUNCIA ABUSOS


Um dos maiores cientistas brasileiros e responsável pelo programa nuclear do País, que ficou preso por quase dois anos e condenado a 43 anos de prisão pela Lava Jato, o vice-almirante da Marinha Othon Luiz Pinheiro da Silva fala com detalhes sobre os abusos de sua prisão e condenação, em entrevista ao deputado federal Wadih Damous (PT-RJ); assista

14 DE NOVEMBRO DE 2017 ÀS 09:31


BRASIL 247 - Em uma entrevista histórica, o vice-almirante da Marinha, Othon Luiz Pinheiro da Silva, fala sobre os abusos de sua prisão na Lava Jato, por quase dois anos, e sua condenação a 43 anos de prisão.

As revelações são feitas em uma conversa com o deputado federal Wadih Damous (PT-RJ), que fez uma transmissão pelo Facebook nesta segunda-feira 13. O parlamentar sempre denunciou na Câmara os abusos sofridos pelo cientista.

Durante sua estadia na prisão, Othon Pinheiro tentou ser ouvido, sem sucesso, teve pedidos de soltura negados, ficou doente e chegou a tentar o suicídio.

Ele é um dos maiores cientistas brasileiros e responsável pelo programa nuclear do País. Segundo ele, sua prisão interessava a agentes internacionais. Assista à íntegra:

ASSISTA AQUI:

https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/327288/Em-entrevista-hist%C3%B3rica-almirante-Othon-denuncia-abusos.htm


Useful links