Carnaval do Rio satiriza coxinhas, patos, paneleiros e presidente golpista


Coxinhas vestindo camisa da seleção brasileira, com fantasias de pato, batendo panelas e manipulados por enormes braços com mangas de executivo.


O carnaval do Rio, ou pelo menos uma escola, aderiu à resistência ao golpe.

A história, como previmos, já começa a ser implacável com os cúmplices com o golpe.

ASSISTA AQUI AO DESFILE DA TUIUTI:

https://www.youtube.com/watch?v=cv5UvJoMVZo

Useful links