Especialistas apontam que combate às fake news pode levar à censura da mídia livre


Reportagem especial da #fórumweek, newsletter semanal da Fórum, explica os riscos da batalha contra notícias falsas para a liberdade de expressão e o impacto para as mídias livres. Surgidas nas últimas décadas, diversas iniciativas independentes a grandes grupos econômicos ampliaram a diversidade informativa no país, onde ainda hoje há um cenário grave de concentração midiática, segundo o Media Ownership Monitor

Por Dri Delorenzo
O combate às fake news se tornou o grande tema dos veículos de comunicação tradicional que, com apoio do Google, Facebook e fundações internacionais, têm incentivado iniciativas no Congresso Nacional e na justiça eleitoral que podem recriar um perigoso sistema de censura no país. Uma censura diferente da época da ditadura militar, porque organizada também pelo mercado de mídia, mas mais perigosa do que a anterior, porque tende a calar um campo informativo. O que se organizou a partir do advento da web e que se contrapôs ao discurso monolítico da mídia tradicional brasileira.

Em recente entrevista, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, afirmou que neste ano eleitoral contará com o apoio de “veículos de imprensa confiáveis” para acabar com as fake news. Ao mesmo tempo, o Senado realizou um debate sobre o tema e convidou apenas jornalistas da mídia tradicional (Globo e Folha) para debater o assunto.

CONTINUE A LER AQUI:

https://www.revistaforum.com.br/especialistas-apontam-que-combate-as-fake-news-pode-levar-a-censura-da-midia-livre/

Useful links